Notícias

França libera entrada de brasileiros vacinados

há 2 meses

O governo da França anunciou neste sábado (17), que turistas brasileiros que já se encontram totalmente vacinados, não terão problemas com as restrições. Isso se deve à flexibilização do país em relação aos países da intitulada “lista vermelha”.

Na lista vermelha, que contém os países que anteriormente não poderiam viajar sem restrições para a França, estão:

Afeganistão, Argentina, Bangladesh, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, República Democrática do Congo, Índia, Indonésia, Maldivas, Moçambique, Namíbia, Nepal, Omã, Paquistão, Paraguai, Rússia, Seychelles, África do Sul, Sri Lanka, Suriname, Tunísia, Uruguai e Zâmbia.

Torre Eiffel - França

Precauções antes de viajar

O governo deixa claro que se você está vacinado, deve seguir as seguintes informações:

1 – Você deve viajar para a França se tiver motivos urgentes e/ou considerados aceitáveis. A lista dos fundamentos para a aceitação da viagem estará no certificado de viagem internacional do Ministério do Interior da França.

2 – Viajantes com 11 anos ou mais, devem apresentar um PCR negativo ou teste antigênico

3 – Você será testado novamente, quando chegar na França.

4 – Você deve se comprometer a se isolar por 7 dias

Documentação importante

Antes de embarcar, o governo francês recomenda que você preencha e apresente alguns documentos, confira abaixo:

1 – Comprovante de vacinação (válido apenas se provar que você está totalmente vacinado)

Como comprovar:

  • Duas semanas após a segunda dose de vacinas de duas doses (Pfizer, Moderna, AstraZeneca);
  • Quatro semanas após a injeção de vacinas de uma taola (Johnson & Johnson);
  • Duas semanas após a vacina ser aplicada a pessoas que já tiveram COVID-19 (apenas uma dose é necessária).
  • Somente serão aceitas vacinas autorizadas pela EMA – European Medicines Agency, ou seja, Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen.

2 – Declaração juramentada

Que precisa conter as seguintes afirmações:

  • Você não tem sintomas de infecção por COVID-19;
  • Para seu conhecimento, você não esteve em contato com um caso confirmado de COVID-19 nos 14 dias anteriores à sua jornada;
  • (Se você tiver 11 anos ou mais) concorda em submeter-se a um teste virológico de RT-PCR para SARS-CoV-2 na chegada à França;
  • (Se aplicável) você se compromete a se isolar por sete dias;
  • (Para viajantes não vacinados que chegam de um país “vermelho”) você está ciente de que terá que colocar em quarentena por 10 dias após a chegada à França.

3 – Viajantes de países da lista vermelha devem ter um certificado de viagem internacional para a França Metropolitana, que pode ser adquirido no site do Ministério do Interior da França. Importante apresentar este certificado às empresas de viagens antes da passagem.

4 – Visitantes obrigados a se isolar, devem ter um comprovante de localização de auto-isolamento, assim como os detalhes de acesso para a fiscalização.

O governo francês deixa bem claro em sua página oficial, que se você não tiver em mãos a documentação acima, o seu embarque será negado.

Importante lembrar que entre as vacinas aceitas estão: AstraZeneca, Pfizer e Moderna.

A CoronaVac, que ainda está na fase de análise da EMA (European Medicines Agency), não poderá ser aceita na França por enquanto.