Notícias

Mudança das regras de entrada Nova Zelândia

há um ano

Faaaaala Dreamer! Tudo bem com você?! Tá querendo viajar pra Nova Zelândia? Fica de olho na mudança das regras de entrada no país. Afinal, começam a funcionar dia 1 de outubro de 2019.

Esse novo “visto” funcionará como o eTA que está em vigor no Canadá, será eletrônico. Hoje (25/09/2019), não é necessária autorização prévia para brasileiros que ficarem até 3 meses no país.Porém, a partir de 1° de outubro, os brasileiros que forem à Nova Zelândia ou estiverem em trânsito, precisarão emitir um visto pela internet. Além do Brasil, a medida atinge outros 59 países, que não precisam do visto tradicional, emitido presencialmente.

Segundo o Governo neozelandês, um dos objetivos da permissão eletrônica é facilitar a entrada dos turistas, já que suas informações serão aprovadas previamente. Para obter a autorização e se atualizar das mudança das regras de entrada, será preciso preencher um formulário com dados e objetivo da viagem. Além disso, apresentar uma declaração de antecedentes criminais. Em princípio, o documento vai custar 9 dólares neozelandeses (R$23,40) se feito via app. Custará $12,50 (R$32,50) caso seja emitido pelo site do Governo da Nova Zelândia. A validade é de 2 anos. Ao pagar a taxa do visto, o visitante também já pagará a taxa de proteção ambiental do país, anunciada em junho de 2018. Ela custa 35 dólares neozelandeses (R$91,00) e também vale por 2 anos.