Higher Education

Conheça a universidade mais antiga do mundo

há 7 dias

A Universidade de Bolonha é reconhecida por uma série de fatores importantes para quem se importa com alto nível educacional e oportunidades em diversas áreas de conhecimento. Porém, nem todo mundo conhece a universidade ou sabe do que ela é capaz, principalmente pela sua história e por sua evolução como uma universidade que está espalhada por uma certa região da Europa.

Abaixo, saiba tudo sobre a universidade de Bolonha:

A história da Universidade de Bolonha

O nome Alma Mater Studiorum: Università di Bologna é muito mais do que uma simples nomenclatura bonita, escrita em latim. A expressão em latim “Alma Mater Studiorum” significa “Mãe que nutre os estudos”. E assim tem sido a missão da Universidade de Bolonha, que desde 1088, educa alunos não só da Itália, mas do mundo.

A história da Universidade de Bolonha se inicia no começo do século 11, mas não pelas mãos do governo ou pela iniciativa de um grande conglomerado, mas sim quando um grupo informal de alunos começou a se reunir de forma espontânea, com alunos ricos vindo de outras regiões da Itália, trazendo livros e também empregados, fazendo com que rapidamente Bolonha ficasse conhecida como La Dotta (os eruditos) e também La Grassa (a gorda), por conta do seu crescimento acelerado.

Universidade de Bolonha

Assim, os alunos se tornaram uma parte importante da Comuna de Bolonha, que passou a apoiar os seus estudantes.

Agora que você já sabe o início de tudo, vamos fazer um resumo dos séculos que vêm pela frente para que você entenda tudo de forma rápida, completa e sem muitas voltas temporais. Abaixo, confira um resumo do que veio ao longo dos séculos:

  • No século 13, os alunos que frequentavam a Faculdade de Direito começaram a se agrupar, fundando as Universitates.
  • No século 14, os alunos perdem a sua autonomia, quando as autoridades locais e papais, começam a interferir no funcionamento da universidade. Até mesmo os professores sofreram com as imposições destas autoridades.
  • Século 15 – Por meio da fama, a instituição começa a atrair alunos de todo o mundo, tendo até mesmo papas e cardeais entre os seus alunos.
  • Século 16 – Com o objetivo de unificar o ensino e facilitar a fiscalização da igreja sobre o que acontecia na universidade, a igreja constrói as primeiras instalações unificadas da Alma Mater Studiorum, que antes disso, precisava das casas dos professores e ou em espaços alugados pela cidade para que pudesse ter aulas.
  • Século 17 ao 18 – Com a fiscalização rígida da igreja, a Universidade de Bolonha começa a perder alunos que não seguiam a religião imposta, fazendo com que ela caia em uma grande recessão, que durou dois séculos, tendo uma nova chance de crescer quando a Academia de Ciências do Instituto de Bolonha permite uma reação às restrições da igreja, fazendo com que a universidade volte a se reconectar com o ritmo da Europa daquele tempo.
Universidade de Bolonha
  • Século 19 – Desde o seu início, a Universidade de Bolonha era privada, se tornando pública após a chegada da República e posteriormente o reino da Itália, que transferiu a universidade para o Palazzo Poggi. Com a unificação italiana, Bolonha e a sua universidade conquistam novamente o seu valor histórico.
  • Século 20 – Em 18 de setembro de 1988, é criada a Magna Charta Universitarum, um documento assinado por 388 reitores e chefes de universidade de toda a Europa, contendo os princípios de liberdade acadêmica e autonomia institucional visando a evolução das universidades do futuro.
  • Século 21 – A universidade se deslocaliza e se torna o primeiro multicampus da Itália, estando presente por toda a região da Romagna, no norte da Itália. Assim, a universidade segue evoluindo com novas tecnologias e respeito pelo meio ambiente.

É muita história, né? Por isso decidimos deixá-la bem exposta através dos séculos, pois a universidade mais antiga do mundo tem tudo isso para contar e muito mais.

A estrutura educacional da Universidade de Bolonha

Agora que você já sabe sobre a história da universidade mais antiga do mundo, é hora de saber do que ela é capaz como uma instituição de ensino, pois afinal, ela é uma universidade e precisa alcançar ótimos níveis educacionais. Atualmente, a Universidade de Bologna ocupa a 166ª posição no ranking mundial de universidades.

Os programas da universidade

A universidade conta com 243 programas de graduação, sendo 97 internacionais, com 80 lecionados em inglês, 5 Erasmus Mundus e 46 desses programas sendo responsáveis por graduações duplas ou até mesmo múltiplas.

A universidade também conta com 48 programas de PhD, sendo 43 deles ensinados em inglês.

Quando o assunto é mestrado, a universidade também não fica atrás, já que são 122 cursos de mestrado, sendo 24 deles internacionais.

Além de tudo isso, existem 55 escolas de especialização, sendo 43 delas, escolas de especialização médica e 11 não-médicas.

Sendo assim, nem se preocupe em saber se pode estudar na universidade ou não, pois ela tem um compromisso com o futuro e com os estudantes que quiserem adentrar nela, sendo eles italianos ou não.

Os cursos

Os cursos oferecidos pela Alma Mater, podem variar de acordo com o que você deseja, sendo divididos por área e de acordo com os 243 programas que a universidade possui. Confira abaixo os cursos que são ofertados pela Universidade de Bolonha em 2022:

  • Agricultura e ciências do alimento
  • Economia e gestão
  • Educação
  • Engenharia e arquitetura
  • Humanas
  • Linguagens e literaturas, interpretação e tradução
  • Lei
  • Medicina
  • Farmácia e biotecnologia
  • Ciências políticas
  • Psicologia
  • Ciências
  • Sociologia
  • Ciências dos esportes
  • Estatísticas
  • Medicina veterinária

Dando um exemplo do que você poderá encontrar em uma área de medicina, por exemplo, existem os cursos de dietética, higiene dental, medicina e cirurgia, biotecnologia medicinal, enfermagem e muitos outros.

Os multicampus

Como dissemos acima, na história da Universidade de Bolonha, houve uma grande expansão pela região do norte da Itália, onde a instituição se tornou a primeira a realizar esta prática. Atualmente, a universidade já se divide entre Bolonha, Cesena, Forlí, Ravenna, Rimni e cruzando os mares, em Buenos Aires.

Universidade de Bolonha

A infraestrutura

A universidade de Bolonha se divide em partes importantes, que fazem dela a gigante histórica que se mantém até hoje, como: salas de aula, departamentos específicos para auxílio dos cursos, centros de pesquisa industrial, bibliotecas e até mesmo museus.

Universidade de Bolonha

Curtiu a Universidade de Bolonha? É muita história e benefício em um único lugar, né? Espero que agora você saiba tudo sobre a universidade.

Até a próxima!