Intercâmbio Estudo e Trabalho

Confira 5 países que permitem estudar e trabalhar

há um ano

Estudar, experimentar uma nova cultura, aprender uma língua estrangeira e ainda ter permissão para trabalhar em outro país. Além disso, esta realidade é o objetivo de vida de muitas pessoas, mas está longe de ser um sonho impossível.

Existem diversos países, de continentes distintos, onde é possível estudar e trabalhar ao mesmo tempo e de forma legal. 

Abaixo você confere 5 países onde é possível estudar e trabalhar!

Alemanha

Além de contar com universidades renomadas gratuitas ou que cobram pequenas taxas para graduação ou mestrados integrados, a Alemanha é um país que autoriza os universitários a exercerem um ofício. 

Lá, é possível trabalhar 120 dias por ano em tempo integral ou 240 dias por meio período.  Os setores mais aquecidos da economia industrial são o automotivo, o farmacêutico e a mecânica. Ou seja, dá para aproveitar o que o país tem de melhor, como museus, monumentos históricos e arquitetura, e ir em busca de um emprego.

Mas, calma! Antes de pensar em se mudar pra Alemanha, é importante aprender o básico do idioma. Nem todos os alemães falam inglês, fica a dica!

Canadá

A segurança, a modernidade e a atmosfera multicultural fazem do Canadá uma ótima pedida para estudar e trabalhar. No país, o inglês e o francês são as línguas oficiais. Ou seja, a depender da cidade onde for morar, é preciso dominá-las bem.

O Canadá concede visto de estudo e trabalho para quem está matriculado em um curso de carreiras, ou seja, curso técnico, graduação ou pós. É possível realizar estágio remunerado na área ou trabalhar numa empresa parceira da instituição de ensino. 

Quando o assunto é ensino superior, o Canadá tem cinco de suas universidades entre as 100 melhores do mundo, de acordo com a prestigiada lista de 2019 da consultoria britânica Times High Education (THE). Universidade de Toronto, British Columbia, McGill, McMaster e Universidade de Montreal são as que aparece na relação. 

E por falar em college, neste artigo você entende a diferença entre college público e college privado. 

Espanha

Gaudí, Museu del Prado, Puerta del Sol, música flamenca… Imagina conhecer tantos aspectos de uma cultura rica, podendo aprender uma das línguas mais faladas nos mundo e ainda trabalhar na Espanha? Sem falar no clima, as paisagens, a história. Demais, não é mesmo?

Uma pesquisa realizada pelo site Educations https://br.educations.com/ com cerca de 20 mil jovens apontou a Espanha como o melhor país na Europa para estudar e trabalhar.

Não faz muito tempo, no entanto, a Espanha liberou um visto de estudante de idioma que dá direito a trabalho de até 20 horas semanais. Para conseguir o visto é necessário comprovar financeiramente que o estudante, que deve ter no mínimo 18 anos, pode ser manter no país mesmo que não consiga emprego. 

Inglaterra

Na terra da Queen Elizabeth, só é possível estudar e trabalhar legalmente com o visto Tier 4 (General). Esta modalidade é apenas concedida a estudantes que permanecerão no país por no mínimo seis meses. E vale para a condição de estudante de graduação, pós ou de idiomas.

O trabalho deve durar entre 10 e 20 horas semanais e só pode ser executado no período das aulas e nos feriados. E, diferente do Canadá, o Reino Unido permite estudo e trabalho para pessoas com idade a partir dos 16 anos. 

Para garantir o visto, dominar o inglês é essencial afinal, muitas vagas disponíveis são em restaurantes e na hotelaria! Portanto, foca na aprendizagem da língua se este for o destino escolhido, combinado?

Irlanda

A Irlanda é dos destinos mais procurados para quem quer estudar e trabalhar. O país facilita o visto de intercâmbio de inglês e libera trabalho de até 20 horas semanais durante o curso e de até 40 horas semanais durante as férias. Para tanto, é necessário ficar no mínimo 25 semanas no país.

As principais vagas de trabalho estão relacionadas a ciência e tecnologia, TI e área financeira. Mas é possível também encontrar ofertas nos segmentos de serviços, para trabalhar em restaurantes, supermercados e lojas de conveniência. 

Com um custo de vida mais baixo se comparado a outros países da Europa, a Irlanda é um ótima escolha para quem busca um novo destino para estudar e trabalhar!

Curtiu o conteúdo? Confira mais posts no blog da Dreams Intercâmbio